Tráfico


Desde pequeno escuto “comemorações” com as prisões de “chefões” do tráfico. Contudo, após cada prisão surgem outros “líderes”cada vez piores. E o pior de tudo: eles continuam a comandar os seus “negócios” de dentro das penitenciárias. O tal “Nem” só existe  em função dos seus “clientes/sócios”. Em busca do hedonismo […]

“Nem”, “Neném”, “Baby” etc.: enxugando gelo