E a brincadeira acabou…


Depois de quase um mês de brincadeiras por parte dos senadores republicanos foi finalmente aprovado o aumento do teto da dívida norte-americana. Sem dúvida alguma, o maior derrotado foi Barack Obama. Praticamente os republicanos emplacaram tudo o que  ele desejavam, principalmente o fim do aumento de impostos para os ricos cristãos dos EUA.

Barack Obama está sob fogo cerrado em virtude das eleições do ano que vem. Os republicanos não querem mais um mandato de um presidente democrata e negro. Isso é demais para para uma elite de um país tão cristão. Tal fato explica a artilharia pesada contra ele. Junto a esse fato, temos a letargia de sua liderança sob o ponto de vista econômico. Se Bin Laden não tivesse sido executado ao melhor estilo da CIA, Obama não teria um ponto positivo sequer. É pouco para um presidente que foi  colocado como a grande mudança do país.

So o ponto de vista econômico, os EUA estão no CTI e em coma. Não há como equacionar crescimento econômico com cortes no orçamento e muito menos sem aumento de impostos… para os ricos, é claro. Trata-se de pura matemática, lógica formal.

Mas, alguns cidadãos do Primeiro Mundo pensam o contrário. Não há solução de curto prazo para o colapso econômico dos EUA. A situação ficará pior, muito pior para os EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.