Quando os corruptos não toleram a corrupção


O que assistimos hoje no Brasil é digno de um conto kafkiano: corruptos de longa data indignados com a “roubalheira” no Brasil.  Seguida por uma parte do eleitorado não menos corrupta: sempre votou nos corruptos e/ou pratica a corrupção em seu dia a dia.

Sim, inúmeros nomes da política brasileira (e de oposição)  com vários processos  por… corrupção se colocam contra  o “mal que assola o Brasil”.  “Mal” que  nos assola desde 1500 e não desde 2003 como alguns tentam colocar. Na verdade tentam “estuprar” a história distorcendo os fatos. Infelizmente,  uma boa parcela dos nossos “letrados” encamparam isso.

Compra de votos de FHC

Compra de votos de FHC

 

Não pensem que quero aqui deixar o PT de fora de toda essa bagunça. E muito menos minimizar isso. O que quero é resgatar a coerência, o conhecimento histórico e o bom senso: Aécio Neves ou FHC não são melhores do que José Dirceu.  A diferença é que não se quer investigá-los. Em relação ao primeiro, basta fazer  uma pesquisa na Lava-Jato e ver que o seu nome foi citado várias vezes. Em relação ao segundo, a compra de votos para a reeleição em 1998 (fartamente documentado) já seria suficiente para a acabar com sua “áurea” de honestidade.

Não pensem que quero aqui deixar o PT de fora de toda essa bagunça. E muito menos minimizar isso. O que quero é resgatar a coerência, o conhecimento histórico e o bom senso: Aécio Neves ou FHC não são melhores do que José Dirceu.

Aos que estão realmente preocupados com a corrupção falta o básico: leitura sobre a história do Brasil e bom senso. Ser contra a corrupção e votar em corruptos ou praticar a corrupção em seu dia a dia, não torna ninguém honesto.

Pelo contrário: os tornam cínicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.